Morro de São Paulo: O Paraíso Baiano na Costa do Dendê!

Morro de São Paulo: O Paraíso Baiano na Costa do Dendê!

"Um voo de duas horas. Um ônibus de uma hora. Um barco de quarenta minutos. Uma van de uma hora e trinta. Mais um barco de dez minutos. E depois de um dia inteiro de baldeações...cheguei Morro de São Paulo!" (:

O arquipélago de Tinharé é formado por 26 ilhas, com 03 principais, sendo: a Ilha de Cairu, a sede administrativa; a Ilha de Velha Boipeba; e por fim, a Ilha Tinharé, onde está a Vila de Morro de São Paulo e os povoados de Gamboa do Morro, Galeão e Guarapuá. 

Localizado na Costa do Dendê da Bahia, o arquipélago foi palco de grandes episódios do Brasil Colônia, e ainda hoje a região vem crescendo muito como ponto de interesse turístico internacional, e Morro de São Paulo é um dos destinos mais procurados pelos turistas que passam por Salvador. 

De maneira eclética, a região atrai visitantes que buscam tranquilidade, agito, emoção, ecoturismo, mergulho e muito mais. E por tudo isso, Morro de São Paulo com sua história, deixa saudades nos que partem e instiga uma curiosidade naqueles que ainda estão por vir. 

À cerca de 250km de Salvador, para chegar na Vila, existem algumas opções:

OPÇÃO 1: De táxi aéreo, que dura aproximadamente 25 minutos, e é a opção mais cara para chegar lá. 

OPÇÃO 2: De catamarã direto, que dura cerca de 3hs (vai depender muito das condições do mar), mas é a opção mais confortável com custo beneficio, se você for daquelas pessoas que não enjoa em barcos (: 

OPÇÃO 3: Dependendo das condições do mar, a marinha já avisa e pode mudar o transfer direto para o semi terrestre. Que nada mais é do que fazer um trecho por terra, e pegar mais dois barcos para chegar na Vila. Essa é a opção mais demorada, normalmente 3h30 (mas pode se estender pelas condições adversas do clima na região).

Depois de alguma dessas opções, você ainda terá que pegar um ônibus, uber, táxi ou transfer do Aeroporto de Salvador para o Porto Marítimo de Salvador, que fica próximo ao Mercado Modelo, no centro de Salvador.

Para o transfer de barco (catamarã), existem várias empresa que oferecem esse serviço, e o mais recomendado é reservar alguns dias antes de sua viagem, e confirmar as condições do mar também.

Chegando em Morro de São Paulo, você já irá sentir a sua atmosfera quente, calorosa e muito receptiva!

Ali no Porto da Vila de Morro de São Paulo, você já terá de mostrar o porquê de enfrentar tantas horas de academia por semana, em uma subida bem íngreme carregando sua mala, pois não há veículos na Ilha! hehe Logo na chegada há vários carregadores de malas que ficam ali para lhe ajudar, que normalmente cobram de R$ 10,00 à R$ 15,00 dependendo das malas e distância do seu hotel, para lhe ajudarem! 

Dizem que Morro é o paraíso dos argentinos na Bahia, no verão é o que mais se encontra por lá. Morro é muito mais do que apenas um balneário argentinizado, cheio de festas e solteiros em busca de diversão. A Vila e toda a região tem muito a mostrar aos seus visitantes, podendo receber todos os tipos de turistas, pois há diversão, com natureza, trilhas e praias diversas e muitas piscinas naturais por todos os lados.

DICA: Aproveite a passada em Salvador para tirar dinheiro e não se esqueça de levar o cartão de crédito! A maioria dos locais aceitam o cartão, mas por se tratar de uma ilha, é bom se prevenir e levar uma boa quantia em dinheiro, pois existem poucos bancos.

Ali no centrinho é possível encontrar de tudo! Lojas, restaurantes, sorveterias, hotéis, agências de turismo, enfim, de tudo mesmo! Caminhando pela via principal da ilha, logo você já estará na Primeira Praia, que é bem pequena, com alguns restaurantes e hotéis, e não chama muito a atenção.

Continuando por ela, logo estará na Segunda Praia, a mais badalada! Onde estão vários barzinhos à beira da praia e da calçada, com músicas, luzes e drinks frees para você dar start na noite! (: Há também restaurantes na areia para você jantar à luz de vela sentindo a brisa do mar e apreciando a culinária baiana! Tá, vou confessar... a Segunda Praia é o melhor lugar para badalar, paquerar e curtir a noite! Conforme vai anoitecendo o negócio vai mudando de cara, e vai ficando bem chique, com vestidos esvoaçantes e até alguns saltos pra lá e pra cá! Para quem deseja agito e badalação, é o melhor lugar para se hospedar. 

A partir da Terceira Praia o lugar já vai ficando mais reservado, apenas com hotéis à beira mar (sem via para andar, apenas pela areia da praia mesmo), e isso vai dando uma privacidade bem maior, para quem está buscando isso. E segue da mesma forma na quarta e quinta praia, onde há lindas piscinas naturais, que podem render ótimos mergulhos em dias de maré baixa. 

Na alta temporada, há festas diárias na Ilha, normalmente uma festa por noite para deixar todos os visitantes que buscam diversão próximos, pois como a ilha é pequena há programas meio "clichês" para se fazer diariamente, principalmente durante a alta temporada, como a Festa da Espuma na Pulsar (que normalmente acontece aos sábados) e o Pôr do Sol na Toca do Morcego.

DICA: De tempos em tempos, é cobrada uma taxa de preservação na entrada da Ilha de R$ 10,00. 

 

Descrição do Autor:

Juliana Santos, turismóloga por formação e viajante por opção. Apaixonada por viagens desde pequena tem sede de conhecer o novo, o diferente e o exótico. Busca explorar novos lugares para absorver todo o conhecimento possível. Acredita que viajando aprendemos por meio das diferenças e expandimos a nossa mente. Compartilha suas experiências no Blog Alma Viajante.

Seguro Viagem: Dicas e Razões para contratar em sua Viagem!

 

 

Imprevistos acontecem! E nada pior do que estar em sua viagem, e de repente, acontecer um acidente ou sua mala não chegar junto com seu voo. E lá vai umas horinhas de transtornos e dores de cabeça né?! E com certeza pode ficar pior se você não tiver um seguro viagem para ajudá-lo nessas horas. 

O seguro viagem é diferente de um seguro saúde ou convênio médico convencional (que temos aqui no Brasil), pois o convênio serve para consultas de rotina, exames e emergências, que você até pode utilizar em suas viagens, dependendo da cobertura dele.

Já o seguro viagem, serve para te auxiliar apenas no período de sua viagem, de acordo com o seu destino de viagem, com os limites (escolhido pelo cliente) e coberturas como: Despesas Médicas Hospitalares e/ou Odontológicas, Compensação por Atraso de Bagagem, Regresso Antecipado da Viagem, Despesas Farmacêuticas, Reembolso em atraso ou Cancelamento de Voo (acima de 6 horas), Seguros de Laptops/Smatphones, entre muitas outras coisas! 

Resumindo: O seguro viagem é para apenas o período de sua viagem, para assistência médica e outros imprevistos relacionados à viagem, com o limite escolhido pelo cliente! 

A procura por seguro viagem cresceu em 50% em julho de 2017 comparado a julho de 2016, e reunimos algumas dicas para evitar transtornos com seu seguro viagem e algumas razões e motivos para você não viajar sem o seu!

DICAS PARA EVITAR TRANSTORNOS COM SEU SEGURO VIAGEM: 

1. Saiba que na grande maioria das vezes, quando você recebe um atendimento de emergência em sua viagem (se você colocar o seu e-mail e o seu endereço residencial na ficha do hospital), você irá receber a fatura do atendimento. Mas isso não significa que você tem que pagar, e sim que os hospitais enviam para todos os endereços possíveis, por precaução! Então vale conferir com a seguradora se o pagamento está certo, finalizado, se é possível desconsiderar a fatura, para evitar estresses desnecessários!

2. Se você utilizar os seguros de cartão de crédito, confirme a cobertura, e contrate outro (por fora) para complementar a cobertura do seguro do cartão. 

3. Verifique se seu destino de viagem necessita de seguro obrigatório! Em viagens para a Europa, por exemplo, o seguro viagem é obrigatório com uma cobertura mínima de 30.000 euros!

4. Caso vá viajar para fazer intercâmbio, não se esqueça de contratar o seu seguro viagem, pois na grande maioria dos países, é obrigatório ir com seguro viagem para intercâmbio. 

5. Para esportes radicais há coberturas específicas, então vale conferir com a seguradora a melhor opção para sua viagem!

6. O seguro pode ser contratado até no dia do seu embarque para a viagem, mas faça isso juntamente com a compra de sua passagem aérea, ou uma semana antes de seu embarque, junto com o TO DO da viagem, para não se esquecer de contratar.

7. Verifique atentamente as condições gerais do seu seguro viagem. 

8. Cada seguradora e hospital funcionam de uma forma, e às vezes, se você precisar de um atendimento, eles podem cobrar o valor da consulta em seu cartão de crédito, e posteriormente, a seguradora irá te reembolsar. DICA: Caso pague algum valor, não se esqueça de guardar as notas fiscais originais. 

9. Tenha sempre em mãos, o telefone de atendimento emergencial 24 horas do seu Seguro Viagem, para solicitar atendimento sempre que precisar durante sua viagem.

RAZÕES PARA CONTRATAR UM SEGURO VIAGEM:

1. As consultas no exterior são bem caras, podendo variar de U$ 200 à U$ 10.000 (em casos de cirurgia) dólares!

2. O seguro viagem tem coberturas com relação a bagagens extraviadas, danificadas e roubadas no aeroporto, ajudando muitíssimo, naquelas horas de desespero!

3. Reembolso caso precise cancelar a sua viagem ou antecipar a sua volta!

4. Você pode ser reembolsado caso seu voo tenha atrasos (acima de 6 horas) ou se ele for cancelado.

5. Oferece cobertura para Laptop e Smartphone, em caso de roubos.

O Seguro Viagem Axa, faz parte de um dos maiores grupos de seguradora do mundo, que está presente em 64 países, emprega 166 mil pessoas e serve a 107 milhões de clientes individuais e empresariais. O grupo possui a marca número 1 em seguros no mundo pela oitava vez consecutiva, segundo ranking da consultoria global Interbrand (ranking 2016).

O Grupo AXA também está reforçando o seu compromisso em matéria de sustentabilidade e de crescimento responsável através de importantes iniciativas como o fim do investimento na indústria do tabaco, como pesquisas sobre os riscos climáticos, socioeconômicos e de saúde, por meio do AXA Research Fund (Fundo de Pesquisas da AXA), e da CR Week, um evento chave para todos os colaboradores da AXA no mundo. Em função deste compromisso, a AXA alcançou 83% no Índice de Sustentabilidade da Dow Jones.

Quando for viajar, não se esqueça de solicitar o seu Seguro Viagem Axa para evitar ser pego de surpresa com os imprevistos! 

Descrição do Autor:

Juliana Santos, turismóloga por formação e viajante por opção. Apaixonada por viagens desde pequena tem sede de conhecer o novo, o diferente e o exótico. Busca explorar novos lugares para absorver todo o conhecimento possível. Acredita que viajando aprendemos por meio das diferenças e expandimos a nossa mente. Compartilha suas experiências no Blog Alma Viajante.

Puerto Iguazu, as Cataratas Argentinas e seus Encantos!

 

Visitar as Cataratas Argentinas é um passeio imperdível próximo à Foz do Iguaçu! Mas além das Cataratas, a cidade de Puerto Iguazu oferece diversos atrativos, e muitos aspectos culturais e históricos para mostrar, apesar dá proximidade com o Brasil!

Por lá, você poderá conhecer produtos argentinos, feirinhas gastronômicas, o centrinho, lojas de artesanatos locais e muito mais! Se der tempo, dá até para cair na night!

No Parque, prepare-se para muita aventura em meio à natureza! Com trenzinhos por todos os lados, muitas caminhadas em pontes, trilhas ao redor da vegetação local, e uma experiência bem wild!

O aspecto mais legal do lado argentino é que há diversas trilhas, que é possível você fazer sozinho por lá, seguindo seus instintos, e ficar o dia todo explorando todos esses caminhos. Mas a questão do trem ser o principal meio de transporte, acaba tornando tudo mais demorado, porque você tem que fazer baldeações para chegar a outros pontos e trilhas! 

A trilha mais famosa, é sem dúvida a Garganta del Diablo! E para chegar lá você precisará pegar o trem na Estação Central até a Estação Cataratas, e dá Estação Cataratas outro trem que vá para a Estação Garganta del Diablo. Às vezes, dependendo do dia, o trem faz o trajeto direto até a Garganta del Diablo, mas caso você não "dê sorte", aproveite o caminho para apreciar a natureza ao redor e ir arrumando as fotos da câmera :D 

Chegando à Estação da Garganta del Diablo, ainda terá mais 1km e meio de caminhada pelas pontes que passam em cima do rio. Siim, o esforço é grande.. mas eu tenho certeza de que quando você chegar lá, vai esquecer todo o sacrifício que teve até aquele momento, desde o início de seu dia! Porque é realmente algo inexplicável, muito bonito e imensamente maravilhoso, ver ali... bem de perto, a força e energia da água, provocando alguns chuviscos em você. Tenho certeza de que não irá se arrepender! Vai por mim! (: 

SE EU FOSSE VOCÊ: Não esqueceria jamais de levar - caso esteja sol, muito protetor solar, bonés, chapéus e afins, porque as pontes são todas sem coberturas, e ao todo, dá 3km de andança embaixo de sol! 

Pegue seu ônibus de volta para a Estação de Puerto Iguazu e chegando lá, aproveite para conhecer um pouco do centrinho da cidade, sua cultura, gastronomia e tradições! 

Ali perto da Estação, dá para ir andando, até a La Feirinha Iguazú, um centro tradicional da cidade, que vende diversos produtos muito utilizados por lá, como vinhos, licores, azeites, embutidos, doce de leite argentino, alfajores, as famosas Picadas Argentinas (que é um prato muito tradicional, com diversos tipos de frios e embutidos, como queijos, azeitonas, presuntos, e por aí vai), e muito mais! 

E claro, o Duty Free Shop Puerto Iguazú, que fica bem na fronteira dos dois países (mas antes da aduana), e possui preços bem acessíveis em comparação com as lojas do Paraguai! O legal do Duty Free é que há todas as marcas mais famosas e marcas novas internacionais do mercado, e muitas vezes eles estão com promoções e te dão vários brindes, dependendo do valor de suas compras. DICA: Para comprar no Duty Free, eles aceitam cartão de crédito internacional e também o real!

SE EU FOSSE VOCÊ: Levaria pelo menos, o valor da entrada nas Cataratas Argentinas em pesos, pois lá, não é aceito outra moeda. Tudo na cidade é vendido em pesos argentinos, mas o real é facilmente aceito.

E não se esqueça de solicitar o seu Seguro Viagem Axa, para viajar mais tranquilo e relaxado! 

 

Descrição do Autor:

Juliana Santos, turismóloga por formação e viajante por opção. Apaixonada por viagens desde pequena tem sede de conhecer o novo, o diferente e o exótico. Busca explorar novos lugares para absorver todo o conhecimento possível. Acredita que viajando aprendemos por meio das diferenças e expandimos a nossa mente. Compartilha suas experiências no Blog Alma Viajante.

Cidades no Mundo para Comer Bem!

 

 

Sempre que viajamos, além de pensar nos lugares que iremos conhecer, é importante saber um pouco sobre a gastronomia local, os principais pratos da culinária e os melhores locais para degustá-lo.

 

Pensando nisto, fizemos uma lista com as melhores cidades no mundo para você comer bem durante as suas viagens. 

E nesta lista, é possível ver de tudo um pouco, desde as cidades mais básicas, já conhecidas pela grande maioria, como Paris e Nova York. Até as mais efervescentes e menos conhecidas, como Chiang Mai e Beirute! 

Prepare o seu passaporte para saborear as melhores comidas do mundo! Veja a lista completa abaixo: 

BORDEAUX, FRANÇA:

Conhecida por sua bela arquitetura, Bordeaux, na França, também é muito visitada pelas suas vinhas e gastronomia refinada! É possível encontrar diversos pratos, mas o mais pedido pela população são as sopas, como a Garbure (sopa com vegetais e carne), a Tourin (sopa de alho) e pratos com frutos do mar. Não deixe de provar o Canelé, doce típico da região, extremamente saboroso, que leva baunilha e rum na receita.

BARCELONA, ESPANHA: 

Barcelona é a cidade que inventou as Tapas - são aperitivos servidos em bares e restaurantes, geralmente acompanhados por uma bebida, que pode ser alcoólica ou não. Aproveite em suas andanças pela cidade e seus pontos turísticos para relaxar e degustar essa delícia!

CHIANG MAI, TAILÂNDIA:

Os sabores, aromas e cores, encantam os visitantes que chegam a Chiang Mai, para conhecer a cidade, e consequentemente, experimentam a sua culinária nos milhares de mercados, restaurantes e barracas de ruas. Quando for, não deixe de experimentar o Pad Pak Boong Dang, um prato de vegetais fritos, temperados com pasta de feijão de soja, alho, pimenta, molho de soja e molho de ostras. 

LONDRES, INGLATERRA:

Londres é extremamente famosa pelas comidas rápidas, leves e simples! E ao longo dos anos a cidade foi adquirindo - como muitas cidades cosmopolitas ao redor do mundo, pratos de outras culinárias em seus restaurantes. Então além do famoso fish and chips, é possível encontrar ótimas tapas, maravilhosas pizzas, e pratos simples, como saladas e até o sourdough - uma espécie de pão. 

SAN MIGUEL DE ALLENDE, MÉXICO: 

A cidade colonial San Miguel de Allende, no México, tem ganhado cada vez mais destaque em seus pontos turísticos, e principalmente em sua gastronomia. Além de pratos incríveis, você poderá experimentar os Croissants, que irão competir com os de Paris, e também o Mezcal, que nada mais é que, uma aguardente produzida no México, considerada uma bebida rústica. 

ROMA, ITÁLIA:

A cozinha italiana é sem dúvidas uma das mais populares e melhores do mundo! E em sua capital, não poderia ser diferente! Não deixe de provar todos os tipos de massas e pizzas possíveis, como: a Pizza Bianca, o Fiori di Zucca, o Carbonara e a Pizza Romana (em formato retangular e mais alongado). No bairro de Trastevere é possível encontrar diversos bares e restaurantes onde você encontrará essas iguarias!

BOLOGNA, ITÁLIA:

Nem precisa falar que assim como em Roma, o carro chefe dos pratos de Bologna, são as massas né?! E por lá, o que vale mesmo, é provar as massas caseiras feitas de ovos frescos, com os variados recheios! Uma ótima pedida para experimentar em sua visita à cidade, é o Tagliatelle à bolonhesa! 

NOVA YORK, ESTADOS UNIDOS:

Os Estados Unidos e principalmente Nova York, possui milhares de opções gastronômicas (umas boas e outras nem tanto), mas com diversidade para todos e pratos de todo o mundo! Pela cidade ser super multifacetada e cosmopolita, as pessoas optam, na maioria das vezes, pelos pratos mais rápidos, como os hambúrgueres, pratos que tenham carne de porco, e também, a famosa Raclette (prato com queijo derretido e acompanhamentos).

FLORENÇA, ITÁLIA: 

Assim como Roma e Bologna, além das massas, é possível apreciar em Florença, muitos pratos à base de queijos, pães e temperos! Além de a cidade ser incrivelmente bela, você não se arrependerá de conhecer a culinária florentina! Por lá, não deixe de experimentar a pappa al pomodoro (molho de tomate no pão italiano), a panzanella (salada típica de verão com pão e temperos), e para os amantes da carne, a bistecca alla fiorentina!

PARIS, ITÁLIA:

Paris é reconhecida mundialmente pela sua excelente gastronomia! Não há quem diga o contrário! Pela cidade há uma grande diversidade de restaurantes onde você pode provar a refinada culinária francesa. Prove o Blanquette de Veau (ensopado de vitela), o Coq au Vin (galo cozido em vinho tinto), o Foie gras (pasta à base de fígado de ganso ou pato), as Cuisses de grenouilles (coxas de rã), o Escargot (caracóis) e o Caviar (ovas de esturjão não fertilizadas sem  aditivo, corante ou preservante). E para as sobremesas, o Crème brûlée (leite-creme), os Crêpes (panquecas finas), e os Mille-feuilles (mil folhas).

SAN SEBASTIÁN, ESPANHA:

Considerada a capital da gastronomia espanhola, San Sebastián possui muitos produtos regionais e mariscos frescos. Quando visitar a cidade aproveite para experimentar os famosos Pintxos, espécie de petisco espanhol.

LIMA, PERU:

Recentemente a cozinha peruana, principalmente em Lima, tem ganhado muito destaque mundo afora! A proximidade com o Brasil facilita a visita e você não irá se arrepender de conhecer a capital litorânea e sua gastronomia. Prove o Savor Ceviche (peixe cru cortado em fatias, com suco de limão, servido com pimenta, batata-doce e milho branco), o Tiradito (peixe cru temperado com pimenta, limão, sal e azeite) e por fim, as comidas em restaurantes nikkei (cozinha de fusão peruana/japonesa)!

BEIRUTE, LÍBANO

Com uma cozinha extremamente diversa, Beirute, no Líbano, tem se destacado, trazendo suas tradições e influências da culinária mediterrânea, europeia e oriental. Dentre os variados pratos, não deixe de provar o Kibe Cru, o Homus e a Coalhada. 

MELBOURNE, AUSTRÁLIA 

Melbourne é a capital gastronômica da Austrália, e não poderia faltar nessa lista! A cidade faz parte das capitais que abrangem as principais culinárias mundiais, com restaurantes tailandeses, indianos, chineses, fast foods, italianos e por aí vai. Quando estiver na terra do Canguru, vale a pena, experimentar os originais Barbecue e Batatas Chips australianos.  

 

O que achou da lista? Qual desses pratos é o seu preferido?

Esse mundo é enorme e ainda há muito para desbravar! E a culinária local é uma forma de entender o lugar e aprender mais sobre ele! E quando você escolher o seu destino, não se esqueça de solicitar o seu Seguro Viagem Axa, para viajar mais tranquilo e relaxado! 

 

Descrição do Autor:

Juliana Santos, turismóloga por formação e viajante por opção. Apaixonada por viagens desde pequena tem sede de conhecer o novo, o diferente e o exótico. Busca explorar novos lugares para absorver todo o conhecimento possível. Acredita que viajando aprendemos por meio das diferenças e expandimos a nossa mente. Compartilha suas experiências no Blog Alma Viajante.

 

Punta Del Este: O Balneário Dourado do Uruguai!

 

Rodeada de areias brancas, hotéis, lojas luxuosas, restaurantes para todos os paladares, águas cristalinas, iates e piers prontos para receber os visitantes.

 

 

A cerca de uma 1h30 de distância da capital Montevidéu, o balneário de Punta del Este é uma joia entre a Atlântico e o Rio da Plata. Depois de muitos famosos ricos começarem a explorar a região em suas viagens, o destino começou a se destacar na rota turística do Uruguai, sem contar as belas praias e os variados atrativos, para os visitantes de todas as idades.

 

Sempre é possível encontrar amigos querendo curtir festas e cassinos, ou famílias em busca de praias e sol no verão, casais apaixonados que desejam curtir o pôr do sol e dias tranquilos, e por ai vai! Apesar de o balneário ser pequeno, o que não falta são opções para todos os públicos. 

 

Para chegar em Punta del Este, a melhor opção é o próprio aeroporto que tem na cidade. Porém, a demanda de voos não é grande, e os preços, dependendo da época, são um pouco altos. É possível chegar pelo aeroporto de Montevidéu, onde há muitas opções de voos diretos do Brasil, e sempre existem promoções nas companhias aéreas, e depois, alugar um veículo no aeroporto, e percorrer apenas 114km pela costa uruguaia, até chegar ao descolado balneário. 

 

A Avenida Gorlero, no centro da cidade, é a principal via da região, e por lá é possível encontrar hotéis modestos, restaurantes de fast food, e lojas das mais variadas e famosas no mundo todo. É por essa região, que grande parte dos visitantes caminham e fazem suas comprinhas em Punta! APROVEITE PARA: Sentar em um desses barzinhos ou restaurantes, e não deixe de experimentar o Clericot, bebida muito apreciada em Punta, feita à base de vinho branco.

 

Um local mundialmente conhecido, que fica em Punta Ballena, é a Casapueblo! Casa escultura erguida pelo artista local Carlos Paez Vilaró em 1960, que funciona como hotel, ateliê, museu e também é a residência do artista. SE EU FOSSE VOCÊ: Iria visitar o local no final da tarde, para curtir o pôr do sol, que é espetacular! Sem exageros! (:

 

Ali entre Punta del Este e Punta Ballena, está o imponente Conrad, o mais famoso resort da cidade, de frente para as águas da Praia Mansa. Apesar de nem todos se hospedarem lá, a maioria dos turistas vão conhecer o resort, suas instalações e o cassino que fica lá dentro. Quase como se fosse obrigatório, todos passam por lá para visitar e conhecer, devido a sua importância na cidade! 

 

Famoso cartão postal de Punta, a escultura La Mano (The Hand), criada em 1982 pelo artista chileno Mario Irarrázabal, fica na Praia Brava, e durante os dias de sol e verão, cada espaço é disputadíssimo para bater aquela foto! A escultura representa o último gesto de uma pessoa se afogando no mar. DICA: para conseguir a foto, sem ninguém de fundo, acorde cedo e tente a sorte!! 

 

Uma região que vem crescendo muito no departamento de Maldonado (onde está Punta e região), é La Barra, o local mais cool de Punta, com várias lojinhas descoladas, hotéis pé na areia e restaurantes charmosos. Vale a pena conhecer o centrinho e principalmente porque, para chegar lá, é necessário passar pela famosa Ponte Leonel Vieira, com suas ondas esculturais! Não há quem saía ileso! 

 

A 30km de distância de Punta, está José Ignacio, uma pequena vila de pescadores com paisagens incrivelmente selvagens, onde há alguns resorts e hotéis designs, que se instalaram na região para oferecer uma experiência diferenciada aos seus visitantes. O local é belíssimo, com muito verde por todos os lados, natureza, rios e mar, garantindo o pôr do sol no final da tarde!

 

O pôr do sol na Casapueblo, a imponência do Conrad na Praia Mansa, as dezenas de iates e lanchas flutuando sobre as águas do Porto, as belas praias da região, os pontos turísticos lotados no centro de Punta e José Ignacio e seus cenários selvagens, é o que atrai muitos visitantes a esse pequeno balneário! E você, já conhece a região? Está planejando a sua viagem? Não se esqueça de solicitar o seu seguro Axa para visitar o Uruguai e qualquer lugar do mundo.

 

Descrição do Autor:

Juliana Santos, turismóloga por formação e viajante por opção. Apaixonada por viagens desde pequena tem sede de conhecer o novo, o diferente e o exótico. Busca explorar novos lugares para absorver todo o conhecimento possível. Acredita que viajando aprendemos por meio das diferenças e expandimos a nossa mente. Compartilha suas experiências no Blog Alma Viajante.